Resultado ruim, mas com direito a classificação e polêmica!

Na noite de ontem, o São Paulo empatou por 0 a 0 com a LDU de Loja, do Equador, pela Copa Sul-Americana no Morumbi, e garantiu a vaga nas quartas de final do campeonato, devido ao resultado de 1 a 1 no primeiro jogo, no dia 26 de setembro no Equador. Apesar do mau desempenho e uma classificação morna para a próxima fase da Copa, não foram estes os comentários mais expressivos do dia de hoje, em relação ao Tricolor, e sim a polêmica do goleiro Rogério Ceni e o técnico Ney Franco.

No segundo tempo do jogo, Ceni pediu que o técnico colocasse Cícero em campo, mas Ney não gostou da intromissão do capitão. A questão foi a maneira que isto aconteceu, aos berros Rogério gesticulou para o treinador e exigiu a substituição, Ney Franco irritado, argumentando que não faria a vontade do arqueiro, colocou logo Willian José em campo e foi bater boca com o goleiro.

Este desencontro repercutiu e tomou conta dos noticiários de hoje.

Todos sabem do conhecimento, e respeito que Rogério tem com o time, seria mesmo uma desavença ao técnico? Ou Ney só quis mostrar quem realmente manda na equipe?

Ao término do jogo tanto Ney como Ceni, demonstraram a insatisfação em relação ao ocorrido. O camisa 1, deixou o estádio do Morumbi, por um portão que não é o de costume,  e o técnico irritado argumentou  “Não aprovo, acho que é cada um na sua, cada um fazendo sua função. Se eu achasse que o Cícero tivesse que entrar, eu o colocaria”.

E só no final da tarde, Rogério se posicionou para imprensa, expondo o respeito e admiração que tem pelo treinador, disse que só houve berros, pois um estava longe do outro e tal, que foi uma discussão normal e comum dentro do futebol, e concordou que quem manda no time, é sim o técnico.

“Não aconteceu absolutamente nada, foi coisa do jogo. No futebol, é normal gritar, tudo é longe. Não teve polêmica!  Não tenho nada contra o Ney, é uma pessoa nota dez. Ele é o treinador e escolhe quem entra e quem sai”, declara Ceni, e assunto encerrado.

Mas independente da decisão de Ney, se deveria ou não acatar a sugestão do jogador, é lamentável, um resultado tão medíocre, diante da importância para o Clube em conquistar este título, sabendo que desde 2009 não ganha nada.

Vamos torcer para as desavenças realmente não existirem, e o brilho de um bom futebol, reinar em campo.

Anúncios

Sobre Elisa Luz e Souza

Publicitária, especialista em Marketing e Jornalismo Esportivo. São paulina por opção e campeã por tradição!
Esta entrada foi publicada em Elisa Luz e Souza. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s